1 de agosto de 2008

'I'm so tired I can't eveen cry.'

Havia tanto tanto medo lá
meu corpo: estátua de sal

entre eu e
a imagem
a ilusão
a mentira

feita por mim de ti
entre nós,
que jamais transformar-se-ão naqueles laços
de cetim vermelho
que imagei para mim quando menina.

Entre nós
( para nós )
apenas o gelo.

uma mão sobre a outra,
mas ambas minhas,
seguindo para longe

antes que do gelo venha a água e
eu seja levada
pela enxurrada de
sentimento mortos até uma sepultura

que não sei se esquecida ou irreal.

2 comentários:

Brenon disse...

nossa, além deu me identificar, ta MUITO bom naty. Pra caraaalho :D

nadsat disse...

eu gosto dessa sua característica de sempre brincar com as palavras e torná-las "imagem".
e você está cada dia melhor. mesmo. =) não consigo mais comentar: é o seu melhor. prq vários já o são.