15 de maio de 2008

Sobre ir e indo ficar:

Estou andando. É muito claro que estou andando. Observo tudo o que fica para trás: a estrada, a loja, a árvore, a casa e a igreja.
Estou andando. É muito claro que estou andando. Mas não estou indo. Só estaria indo se tivesse um destino e, bem, eu não tenho. Acho que nunca tive.
Reclamo de não estar em lugar algum e isso é besteira. Nunca fui a lugar algum, como estaria lá?
Lá aonde? Ah, sei lá, apenas lá.
Algum lugar. QUALQUER LUGAR.
Que não seja esse branco-que-dá-vontade-de-arrancar-os-olhos.

Um comentário:

Rajko disse...

hahahaha sua....GENIO!

Penso que seria triste sermos pobres no futuro.... eu sou bom nisso...digo, em perceber quem tem algo de verdade, algo forte ou enfim talento ou seja lá o que for isso.

O problema de ter muito talento...é que as pessoas fazem muitas vezes exatamente o que eu estou fazendo...

Porque...quando elas sao burras, elas n entendem e passam direto.

Mas...quando são inteligentes, aplaudem e vibram arrebatadas pela sua estética enquanto vc afunda e morre e grita. Porque afinal é tudo muito lindo.