11 de abril de 2010

'Words are dead.'

Por favor, coração, me salva dessa falta do que dizer. Sinto minha cabeça vazia e outrora disse sobre a falta de boca - hoje digo sobre a falta de som. A asfixia foi embora. Respiro normalmente. Talvez eu precise mesmo viver naquela constante quase morte.

Um comentário:

Speak disse...

Eu apeguei o comentário por impulso, mas queria pedir desculpaspor ter apagado sua opinião. Eu pensei bem antes de fazer o blog, por que sim eu sei que escrevo MUITO errado, to tentando melhorar as vezes é só por rapidez mesmo. Mas vou pedir Pra uma amiga revisar meus textos. Agradeço pela critica espero melhorar